Chefs Solteiros na Cozinha

Solteiros na Cozinha

Potatoes Not Prozac (Batatas ao invés de Prozac) February 15, 2010

Filed under: Coluna - Curiosidades,Coluna - Saúde — Re @ 5:05 am

Potatoes Not Prozac (Batatas ao invés de Prozac), um livro que aborda a relação 
entre a alimentação e a química do cérebro, é best-seller na Inglaterra.

 

A principal abordagem que DesMaisons propõe, é manter um diário, mas este não é a única diferença dos outros planos de dieta que existem. O truque está em conectar O QUE você está comendo ao PORQUÊ e COMO você se sente depois de comer. E isto não é uma meta só para duas semanas. Ela defende este exercício como uma parte crucial de uma longa proposta. Conheça os 7 passos que Kathleen DesMaisons propõe para manter uma dieta saudável para o nosso equilíbrio emocional.

Os Sete Passos Para Se Sentir Bem

1o) Mantenha um diário de alimentação. Mais do que uma lista de alimentação, a página deve ser dividida em duas colunas. Para que você avalie porque você está comendo, como é que você se sente quando está comendo e como você se sente depois de comer. Ela diz p/ você comprar um diário bonito, que você realmente goste e que seja só seu.

2o) Coma três refeições ao dia com intervalos regulares. O grande erro é pular o café da manhã e comer sem horário. Mesmo que você só coma barra de chocolate no café da manhã, no almoço e no jantar, ela recomenda que você tenha o hábito de se sentar para comer regularmente. Lanchinhos não são recomendados. Claro que a meta é evitar que você faça “refeições de chocolate” e coma comida de verdade.

3o) Tome vitaminas regularmente. Mais do que uma grande quantidade de pílulas, ela sugere que você coma vitaminas básicas, que são usadas em programas de reabilitação alcoólica – vitamina C para ajudar a desintoxicar e Complexo B com zinco.

4o) Coma uma quantidade necessária de proteína em cada refeição. Proteínas são importantes para a química do cérebro e equilibra os efeitos dos carboidratos no sangue. Introduzir proteínas em todas as refeições é também o primeiro passo para moderar os efeitos dos carboidratos na química do cérebro.

5o) Equilibre a quantidade de carboidratos na alimentação para poder incluir outros tipos de comida. Evite comidas “brancas”: pão, massa, farinha, arroz, açúcar e álcool e substitua por “marrons” e “verdes” (cereais e vegetais).

6o) Reduza ou elimine completamente açúcar, incluindo álcool.
Aqui a autora radicaliza em eliminar o açúcar e o álcool, que, segundo DesMaisons, são os piores estimulantes.

7o) Criar um plano de manutenção da dieta. Isso não é uma dieta só para pouco tempo. Ela encoraja você a fazer planos para ter um saúde equilibrada para o resto da sua vida.

Fonte: http://www.planetaorganico.com.br/

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s